Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Situação em Itália: um alerta para o futebol português

por cavalheirosdoapocalipse, em 17.02.07

Em Itália aconteceu, finalmente, o que os amantes de futebol já esperavam há muitos anos: vários estádios foram encerrados ao público, apesar de lá se continuarem a disputar jogos.

Para mim, não foi surpresa e só me surpreende a demora das autoridades italianas em fazer algo que já devia ter sido feito há muito tempo em defesa das pessoas. É que já não havia paciência para assistir a jogos entre equipas italianas, é uma das maiores secas que pode haver, uma autêntica tortura.

Por isso, acho que esta medida é correctíssima, de modo a se proteger os adeptos das tormentas que tinham lugar na maioria dos estádios de Itália. Salvaram-se desta decisão apenas algumas equipas, aquelas com um estilo de futebol um pouco mais atacante e agradável em relação à média italiana.

Esta medida drástica foi tomada apenas depois dos graves incidentes durante e após o jogo Catania-Palermo que resultaram na morte de um agente policial, mas já há anos que se sucedem incidentes violentos – com maior ou menor gravidade – resultantes, como me parece ser mais do que evidente, da insatisfação dos adeptos pela má qualidade do futebol e pela insistência das equipas italianas em tácticas defensivas e irritantes.

Os “tiffosi” saíam de casa para o estádio bem dispostos e de bem com a vida, mas assim que começavam a assistir ao jogo vinham ao de cima todas as injustiças e frustrações vividas na vida pessoal e profissional, aquela tortura vivida no estádio fazia vir ao de cima os piores instintos de cada um e começavam a “descarregar” nos adeptos adversários ou nas forças de autoridade.

Agora, espera-se que a UEFA tome decisão idêntica e impeça que todos os adeptos europeus possam ter que assistir a jogos em que participem equipas italianas. Porque é importante que as pessoas não assistam a esses jogos potenciadores de violência, pelo menos ao vivo, nos estádios, porque pela televisão uma pessoa pode sempre mudar de canal…

É correcto e importante que da mesma forma que se limita o acesso das pessoas às armas, se deve limitar o acesso aos estádios em que se disputem jogos envolvendo equipas italianas; da mesma forma que se impõe um perímetro de segurança assim que se descobre um caso de gripe das aves, se devem criar zonas de segurança ao redor dos estádios em que esteja presente uma equipa italiana.

Fica aqui, também, desde já, o alerta para o futebol português, em que são cada vez mais os jogos sem qualidade e aborrecidos, sendo de esperar que o governo esteja atento e que, se for necessário, para protecção de todos os adeptos e prevenção de casos de violência, tenha a coragem de afastar o público de alguns estádios…

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De Anónimo a 19.02.2007 às 12:53

Caro colega, desculpe, mas discordo.
Mais, discordo veementemente da sua posição. O futebol italiano tem alguns dos melhores momentos que se podem retirar dessa prática desportiva. A natural selecção de um sistema defensivo, lento, impõe-se pela análise, cuidado e rigor que sempre foram necessários para, assertivamente, comentar o jogo de um Paolo Maldini, um Nesta, Totti, Del Piero, Inzaghi...bem, preciso de dizer mais? Quanto à sua recomendação de fazer o mesmo cá no burgo, vá lá...Micolli?!

SA

Comentar post



Vídeos de Humor

Mais sobre mim



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.